terça-feira, 20 de novembro de 2007

ENTREVISTA IURI SANSON (HIBRIA)

Apelidado como a "A voz do Trovão", Iuri Sanson é um dos mais promissores vocalistas vindo do Brasil. Com um potencial vocal ao alcance de poucos debita o seu timbre na promissora banda Hibria.

Metal Morfose - Bem vindo ao Metalmorfose e à inauguração da secção Voice of The Immortals.

Iuri Sanson - Muito obrigado pela oportunidade e fico feliz por entrar em contacto com os amigos [as] portugueses!

M M – Quando é que descobriste a vontade de cantar e mais tarde em te tornares vocalista?

Iuri Sanson - Foi em 1990 quando comecei a tocar umas músicas de bandas que eu curtia na época tais como Pearl Jam, Guns N' Roses e Iron Maiden no violão. Um grande amigo ensinou-me a fazer algumas notas de violão para eu poder tocar em casa e mais tarde ele comprou uma guitarra. Dois anos depois, a banda dele ganhou duas horas de gravação e então ele convenceu o pessoal de que eu deveria gravar as músicas. Foi em 1992 que fiz a minha 1ª gravação, totalmente sem técnica nenhuma. Por pior que tenha ficado, foi o "hit familiar" naquele verão (a família sempre me apoiou) e todas as noites na praia eu ficava a cantar as duas músicas gravadas mais algumas dos Guns e Pearl Jam com os amigos, até que num pequeno bar de praia fizemos um acústico apenas com duas músicas dos Guns e todos aplaudiram muito. Acreditem foi uma apresentação de 30 minutos só com duas músicas! Depois disso, não parei mais.

M M – Quais os vocalistas que influenciaram a tua maneira de cantar?

Iuri Sanson - No início Eddie Vedder e Chris Cornel. Com o tempo e com influências mais do Heavy Metal, nomes como Bruce Dickinson, Dio, Kiske, Andy Deris, Rob Rock e Rob Halford passaram a ser influências mais fortes.

M M – Tens outras actividades como as aulas de canto, queres explicar isso?

Iuri Sanson - Comecei a dar aulas de técnica vocal este ano e estou muito satisfeito com isso. Sempre tive vontade de passar um pouco adiante da aprendizagem que tive durante três anos, em que fui aluno do professor Renato Borba. Ao mesmo tempo que ensino, acabo por aprender também, na verdade é uma troca de ideias. Isso é muito bom e pretendo continuar com as aulas.

M M – Qual é o equipamento que costumas usar nos concertos?

Iuri Sanson - Há cerca de quatro anos comprei um SURE SM 58 Wireless PGX4 e também tenho um módulo de efeitos Lexicon MPX 550. Com esses equipamentos conseguimos reproduzir, quase a 100% a mesma qualidade de efeitos das vozes do álbum "Defying the Rules".

M M – Recentemente o teu nome foi incluído no projecto SoulsPell criado pelo extraordinário musico Heleno Vale. A primeira Metal Opera totalmente nacional, como esta a ser a experiência?

Iuri Sanson Foi um convite totalmente inesperado! Quando recebi o e-mail do Heleno, fiquei muito satisfeito em saber que o meu nome foi lembrado para participar de um projecto com grandes vocalistas do Brasil. Com certeza o Soulspell será uma grande obra e terá uma grande repercussão tanto nacional, como internacionalmente falando. Acredito que os headbangers que ouvirem esta obra vão reconhecer o trecho em que participei.

M M – Tive a honra de assistir ao primeiro concerto dos Hibria em São Paulo, Brasil no grande Festival Brasil Metal Union 2006. O público foi à loucura com o espectáculo. Fala um pouco sobre esse momento?

Iuri Sanson Acredito que o BMU 2006 foi um grande marco para os Hibria, pois como disses-te, foi o 1° concerto da banda em São Paulo. Tivemos uma receptividade incrível por parte dos headbangers que nos apoiaram do início ao fim do evento. Ir a São Paulo pela 1ª vez e ver os bangers a cantar, agitar e a abanar a cabeça como naquele dia, fez com que se tornasse memorável para os Hibria. Não queríamos sair do palco e sentimo-nos muito bem a tocar lá, tal foi o suporte que tivemos dos fãs. Não nos cansamos de agradecer a toda a produção do evento e a todos os que votaram na banda ao nos darem esta oportunidade.

M M – “Defying The Rules” teve uma enorme repercussão no Brasil, porém o sucesso começou na Europa com grande destaque em toda media especializada Como foi feito esse trabalho de divulgação em vários países?

Iuri Sanson - A divulgação foi feita pelas editoras de forma diferente. Queríamos lançar simultaneamente o “Defying the Rules” na Europa e no Brasil, mas a Remedy Records não tinha distribuição no Brasil, então passado algum tempo assinamos com uma editora nacional, que iniciou o trabalho de distribuição no Brasil. Fora do Brasil acredito que o resultado foi muito bom, pois em um dos sites mais visitados no Japão, o HMV, ficamos em primeiro lugar durante 6 semanas como o Cd de Heavy Metal mais vendido. Entramos também no ranking de várias categorias votadas por leitores e editores da revista japonesa Burrn, uma das maiores revistas do mundo dedicada ao metal. Na revista alemã Rock Hard o disco foi considerado o álbum de estreia mais convincente dos últimos tempos. Tivemos criticas muito boas em webzines da França, Itália e de outros países, assim como no Brasil. Para saberem mais sobre a banda e as criticas, visitem o nosso site: http://www.hibria.com



M M – Os fãs dos Hibria em Portugal e na Europa estão ansiosos à espera do próximo álbum. Já tem titulo e data marcada para sair no mercado mundial?

Iuri Sanson Estamos a trabalhar fortemente para que este novo álbum saia o mais rápido possível, mas ainda não temos data definida. Faltam aqueles pequenos e últimos detalhes que podem fazer toda a diferença no resultado final. Aconteceu a mesma coisa com o “Defying the Rules”. Estamos muito ansiosos para saber como será a repercussão dos bangers ao ouvirem o novo trabalho, pois virá com novas influências e faixas com guitarras de peso e riffs de perder o pescoço. Quanto ao nome, ainda não foi definido.

M M – Recebeste o apelido de “Voz do Trovão” como te sente com o carinho e reconhecimento dos fãs?

Iuri Sanson - Voz de Trovão é? (risos) Muito bom mesmo! Agradeço o apoio e principalmente o incentivo, que todos os elementos dos Hibria têm recebido desde o lançamento do “Defying the Rules”. Não há nada melhor do que ler ou ouvir um fã a falar do nosso trabalho. Fico muito grato por tudo desde os tempos da demo tape “Metal Heart”, e digo que é isso que nos incentiva a continuar o trabalho e tentar fazer o melhor em cada música composta.

M M – O Metal Morfose agradece teres aceitado o convite da entrevista e inauguração da secção Voice of the Immortals. Palavras finais e mensagens para os fãs portugueses?

Iuri Sanson - Agradeço ao Metal Morfose pela grande oportunidade. Sinto-me honrado em receber o convite para inaugurar esta secção que com certeza trará grandes vozes do mundo. Espero em breve estar com os Hibria em Portugal para conversar com os amigos portugueses e bangear com eles nos concertos. Visitem o nosso site http://www.hibria.com e esperamos pelas mensagens no nosso guestbook!
Forte abraço a todos.

MySpace: http://www.myspace.com/hibria
Página Oficial: http://www.hibria.com
e-mail: iuri@hibria.com

Metal Opera: http://www.soulspell.com

Entrevista por: Aldo Beehlerr

12 comentários:

Antonio Coêlho disse...

Parabéns pela entrevista e sucesso na carreira!!!

Antonio Coêlho - Guitarrista Projeto V3rtigem

Aldo Beehlerr disse...

Saudações Antonio Coelho ,a equipe do Metalmorfose agradece suas palavras de apoio.
Continuaremos a trabalhar intensamente para os fãs e admiradores do Blog e Programa Metalmorfose
Pounding Metal

Forte Abraço!!!!

Gustavo disse...

Grande entrevista! Através dela surgiu o interesse de conhecer essa banda! E que grande promessa é o Hibria! Ótimos músicas, canções excelentes e um vocalista excepcional!!
Parabéns a equipe Metalmorfose!

André disse...

Excelente entrevista!!
Eu já conhecia a banda Hibria, a banda é foda, e o vocal de Iuri nem se fala! D+!!!
Parabéns a equipe da Metalmorfose, e forte abraço ao amigo Aldo!!!

Metal Forever!!!

Francioli disse...

Como sempre o Aldo consegue extrair o máximo de informações interessantes do artista. Gostei muito de conhecer a banda pois nao conhecia.
Parabéns pelo trabalho.

B. disse...

Sem duvida uma grande e banda com grande futuro além de uma grande entrevista realizado pelo Aldo. Vou procurar mais pelo som da banda.

Luiz Freitag disse...

Sem dúvida uma das maiores promessas do Brasil. Conheço o som deles ha tempos, infelizmente nunca tive oportunidade de ver o cd vendendo, mas gostaria muito de ter, e de ver um show deles aqui no rio.
Grande Entrevista

Abraços
Luiz Freitag
www.prelludiumonline.com

rodrigo disse...

conheço pouco a banda , mas jah ouvio alguma coisa ...e é muito boa msm ...e a entrevista está demais !!!

bom trabalho .... parabens !!!

abraço !!!!

www.fotolog.com/tyene

Ricardo disse...

Aeeee otima entrevista!!!!

Abraço!

Ricardo#HAL 9000 Bass.

http://www.fotolog.com/hal9000band
http://www.myspace.com/hal9000metalband

Iuri Sanson disse...

Hey amigos do Metal Morfose.
Venho aqui agradecer mais uma vez pelo espaço e desejo todo o sucesso do mundo para vocês.
Contem comigo ok!!
Abraço a todos amigos!
Iuri Sanson

Adilson -SkaldicSoul Guitars disse...

Ae Galera da Metal Morfose,aqui é o Adilson Marestoni (Guitarrista da Banda de POWER/FOLK Metal - SKALDICSOUL) e venho aqui dar lhes os parabens pelo trabalho e pela dedicação ao HEAVY METAL e também dar minhas gratificações pela entrevista com o exímio vocalista Iuri "Thunder Voice" Sanson ,da grande banda Hibria.Um forte abraço da SKALDICSOUL para toda equipe e para os grandes amigos Adelino e Aldo.

KEEP ON METAL !!!

SkaldicSoul :
www.myspace.com/skaldicsoul

Dewindson Wolfheart disse...

Pôxa!
Que ótima esta entrevista! Ficou realmente muito boa Aldo Beeheller!

Gostaria de parabenizar todo o grupo METAL MORFOSE por este ótimo espaço a um grande vocalista do metal brasileiro.

Continuem assim, nós aqui da RAVENLAND acompanhamos este ótimo veículo de metal aplaudindo a cada espaço cedido ao metal.

Muito sucesso ao METAL MORFOSE e seus guerreiros.

dos amigos brasileiros da RAVENLAND.
http://www.ravenland.net

http://www.myspace.com/theravenland

.