REVIEW: HOURSWILL - HARM FULL EMBRACE

Surgidos em 2009 pelas mãos de Nuno Peixoto (bateria) e José Bonito (guitarra), os Hourswill são uma banda de power / progressive metal, que lançaram o seu álbum de estreia Inevitable em 2014. Harm Full Embrace é o novo registro, lançado em Setembro de 2017, claramente um álbum mais polido, melhor estruturado e um claro passo em frente.
Melódico, poderoso, técnico e cativante são alguns dos adjetivos que caracterizam as 8 músicas, em que quase todas ultrapassam os 6 minutos, mas sem saturarem. Podem contar com majestosos solos de guitarra, voz poderosa e melodiosa e uma secção rítmica coesa e pujante.
Por vezes trazem à memória a complexidade e poder de uns Nevermore, mas tudo se quebra com os refrões e melodias mais típicas do power metal americano estilo Iced Earth, mas sem nunca se colarem às referidas bandas, numa mistura muito bem conseguida em temas como Blinding Light e Liberty Theory. Já Every Day Sage é um tema épico e memorável a meio-tempo. Social Disease é uma descarga poderosa por vezes a roçar o death metal, mas é com Mass Insanity que atingem equilíbrio perfeito de todo o álbum e dos adjectivos referidos lá atrás.
Em Portugal são certamente a melhor do gênero e acredito que num futuro álbum vão elevar ainda mais a fasquia, porque têm competência e capacidade para ir mais além.
Resta alertar que a banda estará ao vivo no Milagre Metaleiro em Agosto, e será uma grande oportunidade para confirmar toda a qualidade dos Hourswill.

8.5/10

1. Children of the Void 06:54
2. Blinding Light 06:44
3. Mass Insanity 06:32
4. Liberty Theory 06:41
5. Everyday Sage 09:28
6. Social Disease 07:18
7. At Harms Embrace 07:57
8. Abyss Syndrome 04:49

Editora:  Ethereal Sound Works

Menbros:
Rodrigo Louraço - Guitarra
Leonel Silva - Voz
Pedro Costa - Baixo
Nuno Peixoto - Bateria
José Bonito - Guitarra

Página: www.facebook.com/Hourswill

Comentários

Mensagens populares deste blogue

REVIEW: TOXIKULL - THE NIGTHRAISER