sexta-feira, 3 de setembro de 2010

ALICE COOPER NO CAMPO PEQUENO

ALICE COOPER
 29 de Novembro - Campo Pequeno

Abertura de Portas - 20h00
Inicio do Espectáculo - 21h30

Preço dos bilhetes: 27,00 a 30,00 Euros

Bem-vindos à Theatre of Death Tour... E ao vosso mais recente pesadelo, cortesia do incontornável ALICE COOPER! Agarrem-se às cadeiras, ou ao vizinho do lado se estiverem em pé na plateia do Campo Pequeno, e prepararem-se para ficar boquiabertos com uma actuação de puro entretenimento sem igual, ou rival, no universo do rock'n'roll. “É Alice do início ao fim, mas desta vez a fórmula está ao contrário e de pernas para o ar. É, bem vistas as coisas, uma celebração de todas as diferentes fases do Alice”, explicou o músico norte-americano, à revista Billboard, mesmo antes de iniciar a fase mais recente de uma digressão que anda pelo mundo há mais um ano e que vai, finalmente, trazer de volta a Portugal uma das figuras mais lendárias de sempre da história do rock.

É impossível não nos sentirmos atraídos pela loucura de ALICE COOPER – o carisma do lendário frontman, aliado à química que mantém com os músicos que o acompanham na estrada, promete levar o público ao rubro com clássicos como «School's Out», «No More Mr. Nice Guy», «I'm Eighteen», «Poison», «Only Women Bleed», «Under My Wheels», «Elected», «Billion Dollar Babies», «Feed My Frankenstein» e muitos outros pontos altos de uma carreira que já atingiu a marca das cinco décadas – 50 anos, durante as quais gravou 25 álbuns de estúdio, seis dos quais atingiram a marca respeitável de platina por cópias vendidas nos Estados Unidos.

Para esta digressão, o camaleónico entertainer norte-americano não promete apenas um alinhamento de luxo e uma banda intocável, garantindo também – como não poderia deixar de ser! – uma produção bem extravagante e chocante em termos visuais. Não vai haver avanços há muito aguardada sequela de «Welcome To My Nightmare», ainda em fase de preparação, mas não vão faltar outras razões de interesse nesta segunda actuação em solo nacional. Com roupeiro da autoria de Piggy D, baixista de Rob Zombie, cada uma das actuações da Theatre of Death Tour é uma sucessão de momentos arrepiantes uns atrás dos outros. Só ALICE COOPER, o protagonista principal, é “morto” quatro vezes ao longo do espectáculo – ressuscitando sempre, uma e outra vez, como se de uma fénix se tratasse. Preparem-se, portanto, para assistir – ao vivo e a cores – a decapitações, enforcamentos, empalamentos e outras formas, todas “fatais” e algumas bem inovadoras, de criar o ambiente necessário para uma performance que tanto pretende assustar como encantar. Tudo em nome do entretenimento e em prol de uma noite bem divertida.

Sem comentários: